Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia com fita azul dedicado ao mês de Novembro em razão da campanha Novembro Azul.

Trabalho e desenvolvimento

Banner: Processo Seletivo Simplificado da Secretaria de Saúd

Diretoria de Igualdade Racial aldeense realiza bate papo sobre “13 de Maio, Reparação ao Povo Negro”

Por Marianne Rodrigues em 14/05/2019
Imagem da Notícia: A Secretaria Municipal de Educação aldeense, por meio da Diretoria de Políticas Públicas e Promoção da Igualdade Racial (DIPPPIR) e em parceria com o Movimento Negro Unificado e o Movimento Negro de São Pedro da Aldeia, realizou um bate papo com o tema “13 de Maio, Reparação ao Povo Negro”, em alusão ao Dia da Abolição da Escravatura. Cerca de 40 pessoas participaram do evento, que aconteceu no Cine Estação. O secretário de Educação, Alessandro Teixeira, a subsecretária do setor Financeiro, Edna Lucena, a coordenadora do Centro de Formação Continuada, Iara Azevedo, o diretor e a assessora da DIPPPIR, Sérgio Rodrigues e Karla Barreto, prestigiaram a ação.

A Secretaria Municipal de Educação aldeense, por meio da Diretoria de Políticas Públicas e Promoção da Igualdade Racial (DIPPPIR) e em parceria com o Movimento Negro Unificado e o Movimento Negro de São Pedro da Aldeia, realizou um bate papo com o tema “13 de Maio, Reparação ao Povo Negro”, em alusão ao Dia da Abolição da Escravatura. Cerca de 40 pessoas participaram do evento, que aconteceu no Cine Estação. O secretário de Educação, Alessandro Teixeira, a subsecretária do setor Financeiro, Edna Lucena, a coordenadora do Centro de Formação Continuada, Iara Azevedo, o diretor e a assessora da DIPPPIR, Sérgio Rodrigues e Karla Barreto, prestigiaram a ação.


 

O diretor de Políticas Públicas da SEMED, Sérgio Rodrigues, falou sobre a iniciativa. “Fizemos uma sala de bate papo em homenagem ao dia 13 de maio, mas foi uma homenagem com tom de esclarecimento, uma tentativa de mostrar que a importância da libertação dos escravos foi um marco legal, porém os negros continuavam em luta. A grande importância desse evento é trazer a luz esse conhecimento e criar esses debates com a sociedade”, disse.



 

Durante o evento foram ministradas duas palestras sobre igualdade racial e a história dos negros, realizadas pelo representante do Movimento Negro de São Pedro da Aldeia, o jornalista Clóvis Eduardo Porto, e pelo representante do Movimento Negro Unificado, professor Guilherme Pinto. Na ocasião, foi aberto um espaço para perguntas e dúvidas dos convidados.


 

A subsecretária do setor Financeiro, Edna Lucena, foi a mediadora da palestra. “Temos que comemorar por todos aqueles que, ao longo de uma caminhada de vida, lutaram para que, naquele 13 de maio de 1888, a situação econômica do país permitisse esse marco que estamos aqui hoje para relembrar, questionar e, muitos de nós, reconstruir. Reconstruir uma fala e começar a construir outra, de luta e resistência de um povo negro”, comentou.