Brasão da Prefeitura Municipal de São Pedro da Aldeia.

Trabalho e desenvolvimento

Educadores da rede municipal de São Pedro da Aldeia participam de curso anual de Língua Portuguesa

Por Marianne Rodrigues em 10/08/2018
Imagem da Notícia: O quinto encontro do curso anual “O ensino da Língua Portuguesa da teoria à prática: Múltiplas possibilidades - cantar, ler, avaliar, pensar, produzir e escutar (CLAPPE)”, destinado a educadores da rede municipal, foi realizado na última quarta-feira (08). Promovido pela Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Educação, o curso tem carga horária de 60 horas e oito encontros por ano, todos realizados no Centro de Formação Continuada Professora Ismênia Trindade dos Santos (CEFOR), no bairro Nova São Pedro.

O quinto encontro do curso anual “O ensino da Língua Portuguesa da teoria à prática: Múltiplas possibilidades - cantar, ler, avaliar, pensar, produzir e escutar (CLAPPE)”, destinado a educadores da rede municipal, foi realizado na última quarta-feira (08). Promovido pela Prefeitura de São Pedro da Aldeia, por meio da Secretaria de Educação, o curso tem carga horária de 60 horas e oito encontros por ano, todos realizados no Centro de Formação Continuada Professora Ismênia Trindade dos Santos (CEFOR), no bairro Nova São Pedro.



Dividido em três etapas, o curso é destinado a professores de Língua Portuguesa da rede municipal de ensino, do 6º ao 9º ano, e aborda uma proposta específica a cada mês. O tema do último encontro foi “Cantar”. As aulas são ministradas pela tutora Cristina Braga.



No primeiro momento do encontro, cada cursista cantou uma canção da MPB e um samba, apresentando informações sobre o compositor e letra. O grupo acompanhou de forma animada. Já na segunda etapa, foi feita uma reflexão sobre trechos da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), referentes ao Campo Artístico literário.



“O que está em jogo neste campo é possibilitar às crianças, adolescentes e jovens dos anos finais do Ensino Fundamental o contato com manifestações artísticas, produções culturais em geral, com a arte literária em especial, e oferecer condições para que eles possam compreendê-las e fluí-las de maneira significativa e gradativamente crítica”, afirmou a tutora Cristina Braga.



Na terceira etapa foram estudados alguns livros. Em seguida, os cursistas propuseram estratégias e atividades para os alunos fundamentais nas habilidades estudadas no curso.